terça-feira, 2 de junho de 2015

GOTTLIEB, O GRANDE QUÍMICO

(Texto enviado pelo Representante Beta EQ, Thiago Lopes de Melo)

A história da química no Brasil certamente não seria a mesma sem a contribuição de um grande cientista: Otto Richard Gottlieb. Nascido no ano de 1920 na República Tcheca e posteriormente naturalizado brasileiro, Gottlieb realizou grandes estudos na área da fitoquímica, tendo contribuído sistematicamente para a preservação do patrimônio vegetal brasileiro e revelação da imensa biodiversidade da flora brasileira. Oriundo de uma família que abraçou a química nos negócios, este cientista, desde jovem mostrou sua vocação em seguir os passos da família, contudo não só na indústria, mas também na pesquisa.

Já no ensino médio, Gottlieb participava de atividades relacionadas à química, estagiando no laboratório de Imunologia do Instituto Butantã, em São Paulo e tendo atuado também como redator na revista Química, publicação associada à Escola Nacional de Química, à época. Aos 25 anos obteve, com honras, o título de Químico Industrial pela Escola Nacional de Química da Universidade do Brasil (atual UFRJ), iniciando sua carreira na indústria como químico responsável da fábrica de óleos naturais pertencente à família. Sua atuação na área da química orgânica, após sua graduação, estendeu-se então à pesquisa, quando passou a integrar o corpo técnico do Instituto Weizmann de Ciências, em Israel, um dos mais importantes relacionados à química natural à época de sua atuação.

Após 10 anos atuando nos empreendimentos familiares, Gottlieb decidiu seguir os caminhos de sua paixão maior, passando a atuar no Instituto de Química Agrícola, no Rio de Janeiro, permanecendo até o ano de 1962, quando as atividades foram encerradas. Obteve neste período os títulos de Doutor e livre docente pela Universidade Rural do Brasil (atual UFRRJ), trabalhando em seguida como professor visitante da Universidade de Sheffield, na Inglaterra. Criou também em 1967, com financiamento da Fapesp, o laboratório de Química de Produtos Naturais, no instituto de Química da USP. Nos anos seguintes, este cientista participou ativamente da fundação da Universidade de Brasília (UnB), atuando também como orientador em programas de pós-graduação da UFRRJ, UFMG e USP, num total de 120 teses, além da participação em 208 bancas examinadoras.  

Em relação à sua produção científica foram mais de 650 publicações, incluindo artigos, capítulos de livros, patentes, 652 conferências convidadas (466 no Brasil e 186 em outros 26 países), 145 cursos ministrados (93 em nível de pós-graduação).


Gottlieb contribui significativamente com estudos relacionados à Evolução Bioquímica, Quimiossistemática micromolecular, Ecologia Bioquímica, Etnobotânica, Sistemática Bioquímica, Função do Metabolismo Especial, Plantas medicinais e principalmente Fitoquímica.

Em virtude desses, recebeu diversos títulos, homenagens e medalhas nacionais e internacionais, destacando-se a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico – Presidência da República do Brasil em setembro de 1994, Doutor Honoris causa por 7 universidades, incluindo UFRRJ, Unicamp, Universitat de Hamburg e professor Honoris causa por outras 3 instituições, recebeu ainda o  Pergamon Phytochemistry Prize, o maior reconhecimento mundial na área da Fitoquímica. Gottlieb recebeu ainda nada menos que 3 indicações ao Prêmio Nobel, sendo considerado, portanto, o brasileiro que mais se aproximou da premiação máxima da comunidade científica mundial.


A vida e obra deste renomado cientista se confundem com a própria evolução da química brasileira e mundial e seus ensinamentos perduram, não só em sua vasta produção científica, mas também na atuação de seus discípulos, grandes profissionais e cientistas da atualidade.

No link abaixo, a história de Otto Richard Gottlieb pode ser observada, sob o ponto de vista de diversos profissionais e também familiares.



Referências:

  • “Clube da Química: Otto Richard Gottlieb: o pai da química de produtos naturais.” http://www.clubedaquimica.com/index.phpoption=com_content&view =article&id=138:otto-richard-gottlieb-&catid=42:quimica-no-brasil&Itemid=63 (2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário