terça-feira, 24 de março de 2015

LIXO: PROMISSOR PORQUE É UM VALOR CUIDAR DO FUTURO

(Texto enviado pelo Representante Beta EQ Gustavo Molina)

Lembra-se de quando os territórios eram disputados através de guerra? Lembra-se daquele tempo que tinha TV preta e branca? Lembra-se daquele tempo que a gente soprava a fita do vídeo game pra poder jogar? Ou daqueles celulares do tamanho de um tijolo que precisava de antena pra funcionar? Lembra quando a internet discada parecia uma maravilha, e você nem poderia utilizar a linha residencial enquanto a utilizava? Lembra-se quando se gravava áudio em fita tape? Lembra-se quando se colocava todo o lixo em uma sacola só?


Percebeu?

Estamos no século 21 e ainda temos no lixo um problema, nem todos adquiriram o hábito de reciclar.


De acordo com Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma),  estima- se que atualmente  a produção de lixo mundial gira em torno de 1.3 bilhões de toneladas/dia.

Países como Suécia e Noruega importam lixo para suprir a sua matriz energética, já outros, como EUA exportam seu lixo eletrônico para países pobres, devido ao seu modelo de consumo utilizado. Fato é que com aumento do consumo não sustentável e com a não preocupação com a destinação final, o lixo vai se tornar um grande problema visto que em 2025 o mundo passará de 1.3 bilhões de tonelada/dia, para 2,2 bilhões/dia de lixo, segundo a Pnuma.

Hoje, basicamente, o lixo possui 3 destinos bem definidas, sendo elas:
  • Aterros 
  • Reciclagem
  • Biorreatores
A maior preocupação, é que grande parte desses 1,3 bilhões de tonelada/dia, são destinados aos aterros, que vão afetando os nossos recursos naturais e é bem sabido que eles possuem um ponto de saturação.

E quando não tivermos onde aterrar nosso lixo? E porque não nos preocupamos com a reciclagem hoje? Porque os biorreatores hoje não são uma realidade?

Esse assunto, já é debatido, e bem debatido, há muito tempo (como pode ser visto no vídeo abaixo), mas na verdade, ninguém enfrenta o tema, sustentabilidade e resíduos sólidos, como uma área promissora na engenharia química.

Se você, de fato, estiver disposto a mudar essa situação e criar novas maneiras de se tratar esse tema, saiba que, na minha opinião, algo de muito promissor você estará deixando para sociedade e me fará, um dia, rir com meu filho lembrando dos tempos em que colocávamos todos os resíduos numa sacola só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário