quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

ME FORMEI. E AGORA?

(Texto enviado pela Trainee Beta EQ e estudante da UFRRJ, Guta Soares)

Há quem diga que o mercado de trabalho está difícil para profissionais recém-formados, porém encontram-se diversas oportunidades de estágio e emprego na internet, que darão sempre prioridade para profissionais mais capacitados. Por isso a tão grande importância de se fazer cursos e atividades extracurriculares.

A maioria dos recém-formados em Engenharia Química busca um concurso público, que dará segurança e estabilidade financeira durante toda a carreira. A Petrobras, por exemplo, abre as portas para os engenheiros químicos através do cargo de engenheiro de processos. Os que entram, então, passam por um processo de capacitação a fim de receber o título de engenheiro de petróleo, podendo trabalhar tanto embarcado, quanto em refinarias e outros setores.

Não é impossível passar em um concurso da Petrobras. Ele requer dedicação, a pessoa deve estudar muito, analisar provas passadas e também é muito interessante que, se você realmente tiver interesse em ingressar na empresa, faça o exame todos os anos durante a faculdade, assim você irá adquirir experiência e quando tudo estiver de fato em jogo, já estará mais preparado.


Diversas outras empresas também oferecem estágios e empregos para recém-formados, como a Radix, Shell e Chevron, podendo o engenheiro químico trabalhar com projetos e software, quanto com processos.


O salário inicial de um engenheiro químico vai depender muito da empresa em que se está inserido, podendo ser de R$2.000,00 em umas e R$8.000,00 em outras. Algumas empresas apresentam um ótimo plano de carreira, em que você pode crescer muito rápido profissionalmente e, consequentemente, ganhar benefícios. Cabe ao formando aproveitar as oportunidades e se dedicar, acima de tudo, para consegui-las.

Os cursos e atividades extracurriculares devem ser feitos durante toda a vida acadêmica, desde ingressar em empresas juniores e projetos na universidade, quanto participar de palestras e semanas acadêmicas, que irão te despertar à uma nova área, para ser buscada posteriormente e te acrescentar no currículo, que após formado, é o que contará na sua contratação em uma empresa.

Hoje em dia o inglês é fundamental, portanto tenha o inglês e busque outros idiomas, como o alemão, que tem grande peso na indústria química, o espanhol, e diversos outros idiomas que são interessantes e serão um diferencial entre você e o outro concorrente à vaga.

Com isso, vemos que o mercado de trabalho jamais estará difícil se você tiver potencial e, principalmente, oferecer ao mercado o que ele quer. Se encaixando no que é requisitado e buscando sempre se capacitar mais, o próximo passo é buscar e, por fim, agarrar a oportunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário