segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

POR QUE NÃO EMPREENDER, ENGENHEIROS QUÍMICOS?

(Texto enviado pela Trainee Beta EQ e estudante da UNIFACS, Stephanie Santana)

Há um bom tempo o mercado de trabalho não tem sido dos mais motivadores para estudantes de Engenharia Química, que se deparam com o alto desemprego na área. O empreendedorismo surge assim como uma boa oportunidade, com tantas demandas da vida cotidiana a serem atendidas. Afinal, o que mais se fala é do trabalho dentro indústrias, com os processos já formados, mas que rumo tomar quando nossos profissionais não estão sendo absorvidos em sua área?


De acordo com alguns representantes de associações de empreendedores com qual estive em contado, pouco se vê de profissionais do ramo químico começando seus empreendimentos; o que é interessante, já que há tanta pesquisa, tanto desenvolvimento de protótipos.

Kadije Alves, Engenheira Química Empreendedora, acredita que talvez o alunado e inclusive aqueles já formados não se deem conta do potencial de seus conhecimentos aplicados, como desenvolvedores de novos produtos. Além disso, afirma também que há falta de orientação, principalmente em torno da criação de patentes.

Em seu blog “Diário de uma Engenheira Química”, Kadije exemplifica, através de uma entrevista, um negócio que está dando certo: a empresa Nord Limp. Criada por Flávio Leimig, a empresa surgiu com a necessidade de criar um produto de limpeza que pudesse ser usado por sua mãe, que sofre, como tantos brasileiros, com alergia nas mãos a tais produtos. Atualmente, a Nord Limp conta com um portfólio de quatro linhas de produtos (Detergentes, alvejantes, amaciantes e limpadores perfumados), com a intenção de apresentar um novo produto em 2015, fruto do projeto de final de curso feito por Fábio.

Empreender necessita de visão da necessidade vigente à nossa volta e não apenas das indústrias. É ter a sensibilidade de perceber o que se pode fazer para melhorar mesmo o que há de mais simples, mas que gera problema; desenvolver a solução e oferecer isso a sociedade. Nós, estudantes e engenheiros químicos, temos uma gama de conhecimentos e áreas em quais os aplicar. O que estamos esperando?!

Fonte utilizada:

Um comentário:

  1. Texto muito bom, reflete bem a realidade e como a engenharia química pode ser aplicada de forma melhor ao nosso mundo.

    ResponderExcluir