terça-feira, 6 de janeiro de 2015

É TEMPO DE RECOMEÇAR

(Texto enviado pelo Representante Beta EQ da UFV, Daniel Tinôco)

Nada melhor que um ano novo para recomeçar, para repensar atitudes e ações e para planejar um tempo melhor. Momento propício para realizar. Realizar sonhos e delinear o caminho que percorreremos profissionalmente. É hora de muitos escolherem o que estudar, o que ser no futuro e, nesta perspectiva, a Engenharia Química surge como uma opção de grande relevância e destaque, não só pelo seu valor enquanto curso superior, mas também pela importância que possui para a sociedade.


Talvez não seja fácil decidir cursar Engenharia Química ou talvez seja o maior dos planos para o novo ano. Mas são certas as suas vantagens e as numerosas áreas de atuação que um engenheiro químico tem a sua disposição.  Um exemplo claro e bem próximo ao que vivemos há alguns dias é o setor dos explosivos, especificamente, dos fogos de artifício, que encheram de cor e brilho os céus de todo o mundo na entrada de mais um ano.

Trata-se de uma das mais interessantes reações químicas existentes, não só pela grande quantidade de energia liberada na forma de luz, que garante um verdadeiro espetáculo de cores nos céus, mas também, pela velocidade da reação. Essa, por sua vez, contribui para o efeito sonoro, resultante do deslocamento do ar, que deixa ainda mais emocionante o réveillon, principalmente, quando estamos diante do mar, onde mais uma vez o engenheiro químico se depara com um ambiente bastante familiar. Isso porque o desejo de muitos, tanto para o ano novo como do que se findou, seja trabalhar no setor petrolífero, ainda que nossa mais preciosa pérola do mar (Petrobras) esteja passando por uma fase não muito favorável.

Depois de produzidos, os fogos de artifício apresentam estabilidade dentro de certas condições de temperatura, diferencial elétrico e impacto-atrito, o que requer um cuidado especial por parte dos manipuladores, sobretudo, dos responsáveis técnicos, como o engenheiro químico, para que possíveis acidentes sejam evitados. Assim, não basta apenas misturar salitre, enxofre e carvão, para obter o chamado “fogo químico”, mas é necessária a observância das normas de segurança, outra importante área de atuação dentro do curso, especificamente, no setor químico.

O show de cores promovido pelos fogos é tão fascinante, quanto intrigante, uma vez que, por muito tempo, foi um mistério para o homem entender como as luzes eram emitidas das explosões. E, logicamente, só uma das mais belas ciências poderia desvendá-lo, por meio de estudos em estrutura atômica e fenômenos de luminescência e incandescência. Com isso, descobriu-se que a mistura de diferentes tipos de sais à pólvora levaria, após detonação dos elementos químicos, à produção de várias cores. Como se segue, foi e é possível conseguir efeitos artísticos na virada do ano, por meio das seguintes substâncias:

COLORAÇÃO
SUBSTÂNCIA
EFEITOS
Laranja
Sais de Cálcio
Coloração em foguetes.
Verde
Bário
Verde incandescente.
Amarelo
Sódio
Luz intensa.
Vermelho
Sais de Estrôncio ou Carbonato de Lítio
Cor rubra.
Azul
Cobre
Cor azulada.
Roxo
Mistura de Estrôncio e Cobre
Cor roxa.
Prata
Pó de titânio, de alumínio ou magnésio.

“Chuva de Prata”
Dourado
Ferro
Nos fogos de artifício confere o tom de Ouro
Fonte: www.mundodaquimica.com.br

Além dos fogos, o setor dos explosivos apresenta outras vertentes, em que as aplicações são diversas e de extrema importância em muitas etapas produtivas, como pode ser observado pelos exemplos que se seguem: Mineração, com o desmonte de rochas; Engenharia Civil, com implosões de edifícios, abertura de valas, canais e estradas; Siderurgia, com a ruptura do selo do cadinho para o escoamento do aço fundido; Indústria Automotiva, com os “air-bags” e cintos de segurança; Indústria de Defesa, com foguetes, mísseis, munições e acessórios; Indústria de Sinalizadores, com dispositivos de cores e som; Indústria farmacêutica, com a nitroglicerina utilizada (ppm) como um eficiente vasodilatador; e Segurança contra incêndios, em pequenas cápsulas que, ao sentirem a presença de fogo, explodem liberando a passagem de água nos “sprinklers”. (Fonte: http://www.crq4.org.br/quimica_viva__explosivos).

Dessa maneira, percebe-se o quanto a Engenharia Química faz parte da vida das pessoas e o quanto é uma ciência relevante para o mundo, seja devido às riquezas que proporciona a nível econômico-financeiro, seja pelas atividades sociais, como uma simples “queima de fogos”, que se realizam como resultado direto ou indireto de sua atuação. Assim, chegada a hora de decidir qual caminho a trilhar no ano que acaba de nascer, a Engenharia Química é, sem dúvidas, uma bela meta a ser cumprida, sendo os frutos, a serem colhidos ao final da jornada, cheios de muita realização, sucesso e alegria.

Um feliz 2015 a todos os estudantes, formandos e profissionais de Química, em especial, de Engenharia Química. Que este ano seja o ano de sonhos realizados, sucesso alcançado e de muita saúde e paz, para podermos fazer do nosso curso um referencial, ainda maior, em qualidade e responsabilidade social!

Nenhum comentário:

Postar um comentário