quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

ENGENHARIA QUÍMICA VENCE DESAFIO LATINO-AMERICANO

Uma equipe de alunos de graduação e pós-graduação em Engenharia Química da Universidade Regional de Blumenau (FURB) venceu uma competição latino-americana promovida pelo 4º. Desafio ESSS de Modelagem Computacional. O concurso ocorreu no dia 2 de dezembro, no Rio de Janeiro, dentro do 6º Encontro Latino-Americano de CFD Aplicado à Indústria de Óleo e Gás (CFD OIL), um dos mais importantes fóruns de discussão para usuários e desenvolvedores de softwares de Dinâmica dos Fluidos Computacional no setor de óleo e gás.


Integraram a equipe o professor Dirceu Noriler, o doutorando Jonathan Utzig, o mestrando Diego Venturi e a acadêmica de Engenharia Química Bárbara Louize da Silva.
“Trata-se de uma competição acirrada entre as melhores universidades da América Latina e o resultado conquistado pela FURB demonstra que a equipe do Laboratório de Fluidodinâmica Computacional do Departamento de Engenharia Química da FURB está entre os melhores da América do Sul”, comemora o professor Vinicyus Rodolfo Wiggers, chefe do Departamento de Engenharia Química.

O desafio visa estimular o intercâmbio de conhecimento técnico-prático e teórico entre o meio acadêmico e a indústria brasileira. Nesta edição, contou com a contribuição da Petrobrás, empresa brasileira com mais de 60 anos de experiência no segmento de energia.
Segundo o professor Noriler, um problema real de interesse da indústria naval foi apresentado a universidades e laboratórios da América Latina, envolvendo o efeito de carregamentos provenientes do impacto de ondas do mar sobre equipamentos no deque de estruturas offshore, como as plataformas de extração de petróleo em alto mar.

Todas as equipes eram compostas por três estudantes e um professor orientador, com a tarefa de propor soluções para a proteção de equipamentos durante eventos de embarque de água - fenômeno conhecido como green water. Para obtenção destes resultados, softwares de simulação fluidodinâmica da ANSYS, distribuídos pela ESSS no Brasil, tiveram de ser utilizados.

A equipe da FURB concorreu com oito instituições da América Latina. Ao se classificar entre as quatro equipes finalistas, compareceu no evento dia 02, no Rio, para a apresentação final do trabalho desenvolvido. O trabalho foi avaliado por uma comissão formada por membros da ESSS e da Petrobras, e a equipe de Blumenau foi declarada vencedora.

Como prêmio, receberam tablet e um curso de análise e simulação ministrado pela ESSS, além de um troféu alusivo ao evento. A FURB recebeu também cinco Licenças Acadêmicas de softwares de simulação multifísica da ANSYS, válidas por dois anos, úteis para o ensino de engenharia avançada e para o desenvolvimento de novas pesquisas.

O desafio foi promovido pela Engineering Simulation and Scientific Software (ESSS), empresa que surgiu com o objetivo de estabelecer um elo entre a produção científica desenvolvida nas universidades e a aplicação deste conhecimento na indústria, trazendo ao mercado o dinamismo e o espírito investigativo do meio científico, além da busca constante pela excelência na qualidade de seus serviços.

Criada em 1995, a partir do Laboratório de Simulação Numérica em Mecânica dos Fluidos e Transferência de Calor da UFSC, a ESSS iniciou suas operações com o desenvolvimento de softwares customizados para diversos setores do Centro de Pesquisas da Petrobrás, com o qual realiza até hoje atividades de P&D nas áreas de exploração, produção, refino e distribuição de petróleo e derivados.

Mais informações sobre a empresa podem ser obtidas em http://www.esss.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário