domingo, 7 de setembro de 2014

BUSCANDO UM DIFERENCIAL

(Texto enviado pela Representante Beta EQ e estudante da UNIOESTE, Fernanda Rengel)

É perceptível o aumento do interesse pela graduação em áreas como a Engenharia, dentre estas, inclui-se a Eng.ª Química. Mas aí sempre vem aquela pergunta: Como vou me destacar em meio a tantos profissionais?! E é justamente por já ter me questionado, diversas vezes, que resolvi abordar esse tema.


Primeiramente, acredito que os acadêmicos deveriam se envolver desde o primeiro ano da graduação com algum movimento estudantil, seja este Centro Acadêmico, Empresa Júnior, AIChE, pois são nesses grupos que desenvolvemos uma habilidade que não temos na grade curricular, mas que é muito exigida de nós – engenheiros - a gestão de pessoas.

Por conseguinte, após fazer uma pesquisa dos requisitos mais pedidos pelas empresas para um Engenheiro Químico, listei os mais exigidos:
  • Excel Avançado: Acredito que todo estudante está adaptado a usar tal ferramenta durante a graduação afinal, haja relatório. Mas o Excel vai muito além do básico que usamos durante nossa graduação, esta ferramenta oferece muitos recursos e é muito utilizada nas empresas, ou seja, vale a pena investir em um bom curso.
  • Idiomas: Ok, todo mundo já está cansado de saber que é fundamental saber um segundo idioma, principalmente Inglês. O nível exigido varia de fluente a avançado. Mas é válido investir também num terceiro idioma, o Espanhol.
  • Ferramentas da Qualidade: Durante a graduação até temos uma disciplina de Controle de Qualidade, o que nos dá uma boa noção das ferramentas básicas. Em geral, exige-se o conhecimento em metodologias como o 5S, Diagrama de Ishikawa, Diagrama de Pareto, Ciclo PDCA, 5W2H, Brainstorming.
  • Six Sigma e Lean Manufaturing: São duas metodologias bastante empregadas nas indústrias, estas visam reduzir os erros e desperdícios. Se você quiser saber um pouco mais sobre o assunto o Representante Beta Romilson Mendes escreveu esse texto sobre as duas metodologias, segue o link do texto aqui.
  • Conhecimento em ISO: É bastante comum que as empresas deem para o Engenheiro responsável a tarefa de implantar as ISO necessárias, o que torna muito importante conhecer todo o processo de implantação destas.

Sem dúvida nenhuma, temos que procurar nos destacar desde a nossa graduação para que ao final desta, consigamos compensar de alguma forma nossa falta de experiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário