quinta-feira, 20 de março de 2014

ENGENHEIRO INTELIGENTE - CONECTADO COM O MERCADO DE TRABALHO ANTES MESMO DE INGRESSAR NELE

Durante os cinco anos de curso de engenharia no Brasil, a impressão é que os estudantes ficam restritos às salas de aula durante os primeiros anos e somente depois de quase encerrarem o curso é que se lançam na busca por estágios, workshops, palestras e visitas técnicas. Raros são aqueles que listam desde cedo as empresas que apresentem projetos que lhes agradam e já traçam uma carreira. É claro que é preciso fundamentos teóricos para que eles possam decidir por uma, mas nada impede deles estarem em contato com o mundo da engenharia assim que ingressam na universidade. Ou seja, mesmo para os que ainda não encontraram alguma direção ou ainda estão em períodos iniciais do curso, o CREA SP desenvolveu um banco de dados que conecta os jovens ao mercado de trabalho e desperta neles interesses pelas áreas, projetos e oportunidades de trabalho disponíveis.


   A plataforma chama-se CREA Jovem (para mais informações http://www.creasp.org.br/creajovem/o-que-e-o-crea-jovem/), desenvolvido pela própria CREA com o intuito de aproximar os estudantes da rotina de sua profissão. O site promove anúncios de palestras, workshops, visitas técnicas, além de um gama de empresas que buscam contato com futuros estagiários. É um modo fácil de poder, por exemplo, entrar em contato com algum setor específico de uma empresa e agendar uma visita institucional - que muitas vezes é pouco financiada pelas instituições de ensino.

            Cabe citar, também, que a plataforma ainda disponibiliza o código de ética da engenharia e tem um portal de notícias para que os estudantes possam se atualizar sobre eventos e/ou mudanças constituicionais da profissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário