sexta-feira, 25 de abril de 2014

ENGENHARIA QUÍMICA ENTRE AS TRÊS MELHORES PROFISSÕES DE 2014 NOS EUA

"Lutando para encontrar um emprego? Se você é um analista financeiro, fisioterapeuta ou engenheiro químico, há uma boa chance de a sua sorte mudar neste ano nos EUA. As três profissões estão entre os melhores trabalhos que exigem, pelo menos, um diploma de bacharel em 2014, de acordo com um novo estudo realizado pelos site especializado CareerBuilder e pelo Economic Modeling Specialists Intl, que cruza dados para encontrar os 12 empregos que cresceram 7% ou mais entre 2010 e 2013, e que têm expectativa de crescer ainda mais neste ano. O cenário, embora norte-americano, serve como parâmetro de tendência em outras países do mundo, como o Brasil.


"A lista identifica ocupações em trajetória ascendente quanto a contratações", diz Matt Ferguson, executivo-chefe do CareerBuilder. "Há insights em torno de onde as empresas estão investindo em capital humano e as maiores implicações para o mercado global."

A profissão mais bem remunerada que produziu o maior número de postos de trabalho de pós-recessão nos EUA é a de desenvolvedor de software. Desde 2010, 104.348 empregos foram criados (crescimento de 11 %). No total, 1.042.402 pessoas estão empregadas como desenvolvedoras de software nos Estados Unidos, com salário médio por hora de US$ 45,06.

Em segundo lugar, nos EUA, estão os analistas de mercado e especialistas em marketing. Esses profissionais "estudam as condições de mercado para prever o potencial de vendas de um produto ou serviço. Eles também ajudam as empresas a entender o que as pessoas querem dos produtos, quem vai comprá-los, e a que preço”.

"Além de níveis salariais mais elevados e taxas de crescimento sólidas, o que muitos dessas carreiras têm em comum é a escassez de talentos", diz Ferguson. "O recrutamento se tornou muito competitivo para as profissões relacionadas a ciência, tecnologia, engenharia e matemática e especializações."



Chemical Engineering:
Número de vagas preenchidas entre 2010 e 2013 nos EUA: 7.158 (aumento de 21%)

Fonte: Forbes Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário