quinta-feira, 14 de agosto de 2014

DIÁRIO DO TRILHA DE SUCESSO: MEU DIFERENCIAL É SER BETA EQ!

(Texto enviado em novembro de 2013 por Paolla Cruz Linhares, estudante da UFRuralRJ e, atualmente, da Georgia Tech / EUA)

Caros leitores, estou com a ideia deste texto há algum tempo. Não existe motivo substancial para tal demora. O que talvez tenha me motivado à desmotivação seja o fato do meu querer com que este texto fosse grandiosamente impactante, pois para mim o conteúdo foi. Mas infelizmente acontece que o ser humano possui o dom de superestimar as coisas. Por isso, minhas sinceras desculpas. Sinto-me na liberdade para escrever em primeira pessoa porque sou aqui o sujeito que conta uma história. Espero que eu consiga chegar até vocês de forma a passar minha mensagem de forma mais compreensível possível.  Enfim, boa leitura.

Em agosto deste ano tive a oportunidade de participar de um treinamento patrocinado pela empresa ChemTech: Trilha do Sucesso. A ChemTech é uma empresa fundada pelo atual CEO Engenheiro Químico da Radix. O curso é absolutamente voltado para universitários que estão à procura de estágios, vagas de emprego ou programa de trainee. O treinamento prioriza alguns cursos e também valoriza o CR (coeficiente de rendimento) do aluno. A seleção é feita a partir destes critérios.

Eu preenchi, portanto, minha ficha de inscrição no curso e aguardei alguns meses até ter uma vaga para mim.

Ao chegar ao Windsor Copacabana no Rio de Janeiro, local do curso, fui recepcionada por dois psicólogos. Estes eram nossos treinadores. Em dois dias de curso, eles nos ensinaram na pressão a como fazer uma apresentação pessoal, a como se portar em entrevistas e dinâmicas de grupo, etapas bem conhecidas de processos seletivos de grandes empresas.

Antes de começar a contar minha experiência, gostaria de informá-los que me considero uma pessoa ligeiramente tímida. Não tenho dificuldade para me expressar. Minha dificuldade reside na hora em que tenho que competir com certas pessoas por alguma vaga e, portanto, deveria atrair a atenção para mim. Não gosto de fazer isto. O Trilha do Sucesso me ajudou muito neste quesito, mas ainda sofro com essas etapas porque sempre acho todo mundo merecedor da vaga. O mercado está excepcionalmente competitivo, saibam disto. No Rio de Janeiro pelo menos, onde encontramos a UFRJ, UFRRJ, UFF, UERJ e até IME, sempre encontramos alunos de excelência em processos seletivos. Alguns alunos de excelência nem ao menos passam na triagem curricular.

Bom, voltando ao início de agosto, logo de manhã a psicóloga nos pediu para fazer uma apresentação pessoal na frente de todos, sem nenhuma prévia instrução. Resultado? Não falei nem 30% do que eu fiz na vida. E ninguém o fez. Todos os que estavam lá eram alunos nota 8, 8.5 que faziam o 7º, 8º período de faculdades federais. Alunos ótimos que não sabiam valorizar as inúmeras atividades que tinham feito na vida. A humildade nesta hora não deve ser o melhor adjetivo para qualificar alguém.

Depois de repetirmos várias vezes a apresentação e depois de vários direcionamentos, posso dizer que sei teoricamente me preparar para uma apresentação. Já tenho meu discurso relativamente pronto.  A psicóloga no final do dia fez um feedback de cada apresentação. Antes de passar meu feedback para vocês, vou resumidamente contar para vocês quem sou eu.

Meu nome é Paolla Cruz Linhares, tenho 20 anos e estou no 6º período de EQ. Sou do Espírito Santo e com 14 anos saí de casa para morar em “república” em Campos dos Goytacazes a fim de fazer o EM e o Técnico de Química no IFF Campos. Lá tive bolsa da Petrobras, trabalho publicado na revista da Petrobras, outro trabalho premiado na FEITEC e fui premiada por melhor aluna do Técnico de química. Aos 17 passei no vestibular para fazer Engenharia química na UFRRJ. Fui então morar em Seropédica em república, onde resido atualmente. Fiz iniciação logo no 1º período, com trabalho premiado na feira da UFRRJ, outra iniciação onde pude levar meu trabalho para um congresso internacional: BRAZMEDCHEM, hoje minha iniciação é financiada pela Fiocruz, faço parte da Empresa Júnior de Engenharia Química, sou a mais nova presidente do diretório de EQ e escrevo para um blog de engenharia química: o Projeto Beta EQ.

Muita coisa não? Sim, talvez! Mas tanto eu quanto todos aqueles que estavam no treinamento fizeram tudo o que eu fiz, com algumas alterações, além de outras coisas a mais.

Todo mundo tinha técnico, iniciação científica, CR cosmológico, estágio em outra empresa, centros acadêmicos, Empresa Júnior e projetos publicados. Coisas irrisórias para qualquer aluno de engenharia, certo? RS.

A finalidade com que me expus para vocês, meus caros leitores, foi de tentar inseri-los no meu mundo particular a fim de que vocês sejam capazes de compreender o meu feedback dado pela psicóloga.

Ao final das apresentações pessoais finais, a Treinadora falou onde cada um errou e qual era o diferencial de cada um.

Apesar de tudo o que eu fiz na vida, eu era conhecida no treinamento como a menina do blog. Eu era a criativa e a flexível que veio do ES. E meu feedback não poderia ter sido diferente! A psicóloga fez questão de falar que eu me destaquei no treinamento por ser a garota que escrevia para um blog! Sim gente, é isso! Não me destaquei porque tive alguns prêmios dos quais me orgulho muito, mas sim por fazer algo de diferente.

Aqui me expus com um único objetivo: ajudá-los! Com tudo o que aprendi, possuo autoridade para falar: FAÇA ALGO DIFERENTE! TENHA UM DIFERENCIAL! Tenho orgulho de falar que o Projeto Beta EQ me faz ser aquele ponto fora da curva. E hoje, graças ao treinamento, sei abordar o blog pelo qual faço parte de forma a atrair a atenção de quem me ouve!

Encerro por aqui com aquele sentimento de dever cumprido. Aos que possuem a oportunidade de fazer o Trilha do Sucesso, não deixem escapar. Aos que não possuem essa oportunidade, a mensagem é basicamente esta: Seja você mesma! Valorize tudo o que você já fez! E, o mais importante, tenha um diferencial!

Um abraço a todos e boa sorte a nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário