sexta-feira, 18 de abril de 2014

DEZ DICAS PARA MELHORAR SEU CURRÍCULO


Que tal participar da revolução informativa dentro da Engenharia Química no Brasil? Sim? Preparado para o III Processo Seletivo Nacional Beta EQ? Acesse o Edital oficial e construa o seu legado.

"Bom, seja qual for o seu motivo para preparar o currículo, para turbinar suas chances de conquistar aquela vaga dos sonhos, você precisa de um currículo com nitro. Então prepare-se para a contagem regressiva e confira as dez dicas do blogueiro Whitson Gordon, do Lifehacker, para montar seu currículo perfeito.

10. Comece com uma lista grande… e encurte-a.
Sabe-se que um currículo breve é importante, mas uma das melhores maneiras de garantir que ele seja o melhor possível é começar com ele longo. Abra um documento de texto com todas as informações possíveis e claras que você possa incluir, e então apare o seu currículo a partir disso. É menos provável que você esqueça algo importante, e esse documento sempre será útil se você precisar ajustá-lo para diferentes oportunidades de emprego.

9. Saiba o que NÃO incluir
Quando chega a hora de afunilar sua lista gigante de conquistas, você deve buscar a certeza de que está incluindo as coisas mais importantes. E, definitivamente, deve buscar se livrar daquelas conquistas, digamos, “não tão notáveis”. O que estiver ultrapassado provavelmente também deve ser excluído da lista. Ah, e aquelas muitas frases, termos, expressões que sejam apenas desperdício de tinta na página… livre-se delas também!

8. Evite frases desgastadas e lugares-comuns
Se você deseja de todo coração (mas só vale se for de verdade) que seu currículo se destaque, evite frases enlatadas como “trabalho em equipe”, “forte senso de ética” e “inovador”. Isso mesmo: elimine os clichês sem dó.

7. Quantifique suas conquistas
Em vez de rechear seu currículo com as acima mencionadas frases e expressões já gastas, escolha enfatizar aquilo que pode ser quantificado. Qualquer atividade ou feito que você possa descrever em números demonstra algo real e tangível, que seus empregadores em potencial poderão visualizar. Dizer que você ampliou as vendas em 314% e mencionar (resumidamente!) como fez isso é muito melhor do que dizer que você “superou as expectativas”. Sempre procure estudar formas de colocar suas realizações em números.

6. Encontre as palavras-chave que seu empregador está procurando… e use-as!
Hoje em dia, são tantas pessoas encaminhando seus currículos que, muitas vezes, os pobrezinhos sequer são lidos. Os RHs têm escaneado o material que recebem em busca de palavras-chave relevantes, como os nomes dos programas que você domina. Certifique-se de que esses programas e habilidades estejam em algum lugar no seu currículo e isso aumentará as chances de que ele seja visto e lido.

5. Disfarce estrategicamente as datas em que esteve empregado
Os empregadores não são muito apaixonados por quem pula muito de emprego. Ninguém é, em geral. Se você teve alguns poucos empregos recentes em vez de um só no mesmo período, talvez seja melhor não atrair atenção para o fato e afastar o foco. Uma das melhores formas é formatar estrategicamente seu currículo para enfatizar os empregos, não as datas em que esteve neles. Usar apenas anos para descrever os períodos de emprego, por exemplo, soa melhor do que especificar os períodos com mês e ano.

4. Que tal um slideshow ou um currículo em vídeo?
Enquanto muitos empregadores preferem uma simples e única página que liste os feitos do candidato, muitos outros prefeririam ver mais de sua personalidade e conferir seu portfólio e suas conquistas mais profundamente, através de um slideshow ou currículo em vídeo. Mas faça valer o tempo que o empregador está investindo ao assisti-lo, é claro — se seu slideshow for entediante como seu currículo em texto seria, você não estará fazendo nenhum favor a si mesmo. E, é claro, cheque com o RH da empresa se isso é permitido, antes de enviar algo assim.

3. Não ofereça seu currículo impresso até o final do processo de entrevista
Alguns empregadores podem solicitar seu currículo no começo, mas se não pedirem, considere mantê-lo reservado até o final da entrevista. Você se verá forçado a mostrar-se de outras maneiras. Além disso, terá a oportunidade de imprimir em seu empregador em potencial uma impressão que esteja além de uma lista maçante de realizações.

2. Use múltiplos currículos para diferentes empregos em potencial
Se você está se candidatando a múltiplos empregos, mesmo que sejam na mesma área, não use um só currículo para cada um. Modele e ajuste seu currículo para cada vaga específica à qual você se candidatará e envie um único currículo para cada. Diversos sites sugerem formas de fazer essas diferenciações.

1. Corrija de baixo para cima
Quando seu currículo estiver pronto e você for enviá-lo, verifique se há erros. Nada mais triste do que montar um currículo invejável para uma vaga de assessoria e escrever “acessoria”, por exemplo. Existem várias formas de fazer essa conferência, como imprimir e corrigir, mas uma das melhores formas é revisar seu currículo de baixo para cima. Desta forma, você dificilmente pulará alguma seção e isso também o ajudará a ver as coisas de um ângulo diferente daquele que você via, tendo escrito e revisado seu texto tantas vezes.

Um comentário:

  1. Muito obrigado pelas valiosas dicas, atualmente existem tantos modelos e ideias de como se conceber um "curriculum invejável" que acabamos nos perdendo, e consequentemente também se vão as chances de impressionar possíveis empregadores.

    ResponderExcluir