segunda-feira, 28 de abril de 2014

ENGENHARIA QUÍMICA X ENGENHARIA DE PETRÓLEO

"O Engenheiro Químico desenvolve e projeta equipamentos e operações de transformação que convertem recursos naturais, como petróleo, gás natural, minérios, biomassa e princípios ativos, em produtos úteis tipo combustíveis, celulose, papel, fármacos, plásticos e tintas. 


Este profissional enfrenta desafios, pois as transformações devem ser economicamente eficientes, preservando o meio ambiente e operando com segurança e confiabilidade. Sua atuação combina fundamentos de química e física com disciplinas de engenharia e computação.

O currículo do curso de Engenharia Química na Escola de Química tem 5 anos. Aborda assuntos fundamentais e atuais no Desenvolvimento e Operação de Processos Químicos e Bioquímicos, como Termodinâmica, Cinética e Projeto de Reatores Químicos, Química Quântica, Segurança de Processos e Prevenção de Perdas, Administração e Gestão Industrial, bem como tópicos ligados à Engenharia Ambiental e Ciência dos Materiais.

  Engenharia Química x Engenharia de Petróleo


Na cadeia do petróleo o engenheiro químico é responsável por todo o processamento que ocorre após o petróleo sair do poço. Assim, a partir da separação primária entre gás/óleo/água/areia, que ocorre na boca do poço, até a produção de combustíveis e derivados são atividades sob a responsabilidade do engenheiro químico. Esse profissional, juntamente com o Químico Industrial é também responsável pelo acompanhamento da qualidade dos derivados produzidos nas refinarias. Após a descoberta do petróleo, o engenheiro de petróleo é o responsável por desenvolver o poço e acompanhar a sua operação."

Nenhum comentário:

Postar um comentário